Deixo a vida me despedaçar em sorrisos, lágrimas, abraços, partidas, esperas, chegadas, esperanças renascidas.
Sou retalho alinhavado pela poesia.


Renata Fagundes


"... sejamos delicados e se necessário for, cruelmente delicados..." Affonso Romano de Sant'Anna









10 de janeiro de 2011

Ternura

 
 
 
 
"Quando outros olhos vierem me ver
E me olharem sem olhos cansados
Ou acostumados de mim
Eu os beijarei com ternura
Com o apreço que seria de outros olhares
Juntarei os meus cílios aos deles
E os olharei como se fossem de fato
Os olhares que queria pra mim
Os olhares que me cantam canções
E embalam esses meus sentimentos presentes..."

 


Lai Paiva
 
 
 
 
 
 
 
 

7 comentários:

  1. adorei o post !
    adorei o blog !
    muito lindo, parabens *-*

    ResponderExcluir
  2. "Os olhares que me cantam canções
    E embalam esses meus sentimentos presentes..."
    aii que lindo *-* estarei por aqui sempre!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  3. Beijos de borboleta mô. como diz vocÊ adoooorooooo hihi

    Amuuuuuuuu

    ResponderExcluir
  4. Um beijo de ternura é o que esperamos quando queremos nos apaixonar.
    adorei, beijo *;

    ResponderExcluir
  5. "Com o apreço que seria de outros olhares
    Juntarei os meus cílios aos deles
    E os olharei como se fossem de fato
    Os olhares que queria pra mim..."
    Que lindo!
    Uma linda semana pra ti querida!
    beijos meus

    ResponderExcluir
  6. .

    Olhares que nos cantam canções tocam direto ao coração.

    Amo vir aqui ver suas delicadezas.

    Beijo grande, Rê.

    .
    .

    ResponderExcluir
  7. Lindo!!

    Passando para lhe desejar uma linda e abençoada semana.

    Beijos no coração!!

    ResponderExcluir

Coisa boa de chamego