Deixo a vida me despedaçar em sorrisos, lágrimas, abraços, partidas, esperas, chegadas, esperanças renascidas.
Sou retalho alinhavado pela poesia.


Renata Fagundes


"... sejamos delicados e se necessário for, cruelmente delicados..." Affonso Romano de Sant'Anna









30 de julho de 2012

Ateu sem o teu







O meu coração ateu quase acreditou
Na tua mão que não passou de um leve adeus
Breve pássaro pousado em minha mão
Bateu asas e voou

Meu coração por certo tempo passeou
Na madrugada procurando um jardim
Flor amarela, flor de uma longa espera
Logo meu coração ateu

Se falo em mim e não em ti
É que nesse momento já me despedi
Meu coração ateu não chora e não lembra
Parte e vai-se embora

Coração Ateu - Maria Bethânia








4 comentários:

  1. Rê, fazia tempo que vc nao postava... senti sua falta!

    Beijo no coração!

    ResponderExcluir
  2. Fionaaa!!! Ando escutando muito a Betânia, é um arraso de beleza a muler!
    Super beijocas ogrinha e seu ogro! ;)

    ResponderExcluir
  3. A voz dela é tão perfeita quanto as músicas que ela interpreta, perfeita colocação flor ;)

    ResponderExcluir

Coisa boa de chamego