Deixo a vida me despedaçar em sorrisos, lágrimas, abraços, partidas, esperas, chegadas, esperanças renascidas.
Sou retalho alinhavado pela poesia.


Renata Fagundes


"... sejamos delicados e se necessário for, cruelmente delicados..." Affonso Romano de Sant'Anna









18 de junho de 2012

Fogo na chuva








"Deixei cair meu coração
E enquanto ele caía, você surgiu para reivindicá-lo
Estava escuro, e eu, acabada
Até você me beijar e me salvar

Minhas mãos eram fortes
Mas meus joelhos eram muito fracos
Para permanecer em seus braços
Sem cair aos seus pés..."



Set Fire To The Rain - Adele







4 comentários:

  1. Oi, belo o seu blog. Letra linda. Dá uma passadinha lá no meu www.clickpatty.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adoro seu blog, adoro seus textos..
    Fazia um tempo que não vinha por aqui!!
    Bjok.

    ResponderExcluir

Coisa boa de chamego